segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

QUADRA NATALÍCIA

É costume nesta época do ano desejar-se Festas Felizes a quem se conhece e até a desconhecidos, num acto maquinal sem que inadvertidamente nos apercebamos se a quem dirigimos esses votos pode realmente gozar da plenitude dos nossos desejos.

Será que aqueles que fazem parte dos 2.000.000 de pensionistas com uma reforma de miséria têm possibilidades de comerem um pouco de bacalhau ou uma fatia de bolo-rei sem ser através de alguma alma caridosa ou instituição particular?

Será que aqueles que esperam meses ou anos por uma consulta ou intervenção cirúrgica podem sentir-se felizes nesta quadra?

Será que aqueles que fazem parte dos 700.000 desempregados deste país podem ter um Natal Feliz?

Será que aqueles que estudaram anos e anos para possuírem uma licenciatura a sério – não daquelas que se conseguem aos domingos – podem ter esperanças num novo ano que lhes proporcione um emprego para o qual se prepararam?

Desculpem-me, caros amigos, mas só posso em consciência desejar Boas Festas àqueles que sabemos de antemão que as podem ter.

Por isso e na impossibilidade de chegar a todos, resta-me escolher um digno representante dessa classe de privilegiados deste país, na pessoa do Senhor José Sócrates Pinto de Sousa, esperando que tenha uma farta ceia de Natal e uma passagem para o Novo Ano bem animada e regada com muito champanhe francês.

Porque nós, os que ainda vamos tendo qualquer coisita para aconchegar o estômago e o espírito, contentamo-nos com pouco e somos suficientemente subservientes para continuarmos a aturá-lo.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

COM A SAÚDE NÃO SE BRINCA!

Acabei de receber na minha caixa de correio um mail com um texto de autoria do conhecido actor ANTÓNIO FEIO que penso ser importante divulgar não só pelo sentido de humor, mas também porque o assunto nele descrito poderia ter tido um desfecho dramático se o erro não fosse detectado a tempo.

Aqui fica o alerta do António Feio, que, como se sabe, anda a contas com um bichinho malvado que lhe quer causar estragos, recomendando-se que leiam sempre as bulas dos medicamentos antes de os começarem a tomar.

Diz ele:

"Na semana passada fiz a minha primeira sessão de quimioterapia. O meu Oncologista receitou-me um medicamento para os enjoos (SOS) que eu muito cautelosamente fui comprar à farmácia.

Eram 13h30 e estava eu à porta da Farmácia para aviar a receita. Para espanto meu, percebo que a Farmácia fecha à hora de almoço.

Ok. A solução era voltar uma hora mais tarde e assim o fiz.

Quando voltei pouco antes das 14h30 (hora de reabrir) esperei que a porta abrisse. Esperei e continuei a esperar até às 14h45.

E lá chegou uma senhora a falar ao telemóvel que devia estar a tratar de um assunto muito importante porque a porta primeiro que abrisse ainda demorou mais uns cinco minutos.

Finalmente consegui entregar a receita à senhora da Farmácia.

Confesso que o ar da senhora era no mínimo assustador. A receita (ainda a tenho comigo, assim como o recibo do remédio) tinha escrito METOCLOPRAMIDE.

Paguei e vim-me embora.

Durante esse dia e os seguintes, os tais sintomas de enjoos e náuseas provocados pela quimioterapia deitaram-me completamente abaixo. Fui mesmo obrigado a cancelar os espectáculos que tinha a norte do País.

Na sexta-feira fui ter com o meu oncologista para lhe pedir qualquer coisa que me aliviasse o mal estar. Ele assim o fez e receitou-me um outro remédio que comecei a tomar logo e que rapidamente começou a fazer efeito.

No Sábado, Domingo e Segunda, voltei a sentir-me bem.

Hoje fui novamente ao Hospital para fazer a segunda sessão de quimioterapia e, qual não é o meu espanto, quando falava do meu estado de má disposição da semana passada e mostrava os comprimidos que andava a tomar, percebi que o remédio que eu andava a tomar para os enjoos não era para os enjoos mas sim para a Diabetes.

Em vez do tal METOCLOPRAMIDE, estava a tomar METFORMINA.

A senhora da Farmácia tinha-me, pura e simplesmente, dado um medicamento errado.

Não só passei vários dias a tomar um remédio que não me aliviava, como ainda por cima, me diminuía os níveis de açúcar no sangue!!!

Podia só ter tido um ataque de hipoglicemia.

Este texto é só um desabafo.

Agora saiam da frente que eu vou ali abaixo "TRATAR DA SAÚDE" à senhora da Farmácia.
...
Parece uma "Conversa da Treta" mas foi de verdade! Dá para acreditar?

Como é possível existirem pessoas com tamanha incapacidade para o bom desempenho das suas funções profissionais?

Em lugares como este não é suposto estar alguém de idoneidade comprovada para a função?

Assim... não!!!!

Sempre ouvi dizer que: - "com a saúde não se brinca"

A VIDA É LINDA ... SORRIA PARA ELA!

Todo este engano e mais que se têm verificado, são em minha opinião por culpa dos médicos e dos políticos não só dos farmaceuticos.

Senão vejamos:

Porque carga de água 90% dos médicos continuam a escrever aquela letra chamada de médico, que eu raramente entendo uma letra quanto mais uma palavra? Será que este tipo de escrita não pode enganar um farmacêutico, quando se trata de um medicamento com nome parecido como foi o caso desta situação?

Porque os políticos não criam uma lei para que estes senhores sejam obrigados a escrever letra bem legível ou até de imprensa para evitar situações gravíssimas para os doentes?

Reenviem este e-mail para a maior gente possível para ver se tem algum eco na cabeça de quem nos governa.”

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

A LUTA CONTINUA!

Na próxima segunda-feira dia 2 de Novembro pelas 21:30, terá lugar no Fórum Municipal, a sessão pública da tomada de posse dos eleitos para a Câmara e Assembleia Municipal.

Infelizmente não poderemos estar presentes para ver os ares pomposos e as gravatas espampanantes de alguns senhores, para além da ténue esperança de que a Filipa Castro possa aparecer ao lado de um dos seus novos amigos do Seixal vestida (ou despida) daquela maneira que lhe é tão peculiar.

Não se sabe ainda se a canção do Seixal irá servir de fundo musical, ou se, como é costume, os Toca-a-Rufar estarão na abertura ou encerramento das festividades para justificarem os elevados subsídios que recebem.

Haverá certamente muitas palmadinhas nas costas, muitos desejos de felicidades e muita hipocrisia no meio de tudo aquilo e daqui a três anos e meio voltaremos a ter o folclore do costume.

O respeito e a solenidade do acto não nos permite brincar com a situação, mas seria interessante se aparecessem por lá os "Homens da Luta" de megafone em punho a pedir explicações por tudo aquilo que foi prometido e ficou por fazer nos últimos quatro anos.

Pelo menos esses fazem-se ouvir.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

HAVERÁ CORAGEM?

Até que ponto quem tem uma maioria absoluta deve atribuir pelouros aos Vereadores da oposição?

Existem muitas teorias sobre este assunto e nenhuma delas é suficientemente conclusiva para se poder determinar qual delas será a melhor. A própria legislação é omissa, atribuindo todas as competências (ou quase todas) ao Presidente da Câmara, que pode, se assim o desejar, delegar ou não nos Vereadores a responsabilidade directa de gerir este ou aquele sector.

Mas, enquanto a legislação não for alterada - se é que algum dia o será - somos de opinião que os Pelouros devem apenas ser atribuídos aos Vereadores que se sujeitaram ao programa sufragado e que saiu vencedor, não fazendo qualquer sentido que os eleitos por outros Partidos se tenham de orientar por directivas alheias e muitas vezes antagónicas daquelas que apresentaram ao eleitorado.

Se existem bons exemplos de equipas mais ou menos coesas compostas por eleitos de vários Partidos, também existem Vereadores com Pelouros atribuídos que se servem dos Serviços para fins pessoais ou partidários que nada têm a ver com a administração da própria Câmara.

O caso do Seixal é bem elucidativo e pelo passado recente não se vislumbra qualquer utilidade na atribuição de Pelouros a todos os Vereadores, pois não querendo ir rebuscar ao passado a utilização indevida de telefones, computadores e carros, no último mandato pouco ou nada se salientou do trabalho dos eleitos na Câmara pelo PS e pelo PSD, mesmo tendo a dois deles sido atribuída uma retribuição correspondente a meio-tempo.

Esta ambiguidade não favorece ninguém e muito menos o Concelho ganha com estas postura de total hipocrisia de quem critica, mas depois aceita o micro poder que lhe é concedido só para se auto-promover e alimentar o seu ego.

Aqui fica o repto:

Ao Presidente da Câmara eleito que não atribua Pelouros aos Vereadores de outros Partidos; aos eleitos dos outros Partidos que não aceitem Pelouros, caso o Presidente eleito lhos queira atribuir.

Haverá coragem para isso?

terça-feira, 13 de outubro de 2009

É A VIDA!

Parece já haver gente preocupada com a ausência do GATO GIL, mas a mesma foi motivada por umas curtas férias e pelo período de profunda reflexão.

E que há a dizer dos resultados eleitorais verificados no nosso Concelho, para além das justificações que cada um pretenda dar para a vitória ou derrota do dia 11?

Após uma criteriosa análise científica, poder-se-á concluir que:

- Se tivessem sido construídas mais uma ou duas rotundas;
- Se os espaços das Festas de Corroios tivessem sido iguais para todos;
- Se tivesse sido atribuído a Obama o Nobel da Paz uma semana antes;
- Se o Paulo Portas tivesse ido ao mercado da Cruz de Pau;
- Se a canção para o Seixal já fosse disco de platina;
- Se o Louçã tivesse distribuído uns brindes na “Jamaica” ou na Quinta da Princesa;
- Se a Filipa de Castro não se tivesse baldado;
- Se tivesse havido mais um ou dois desfiles de moda;
- Se a Ponte da Fraternidade não tivesse sido finalmente alargada;
- Se na direcção dos BVA continuasse o Ricardinho como presidente;
- Se houvesse mais revistas e programas cor-de-rosa;
- Se as casas de banho para cães fossem extensivas a todo o Concelho;
- Se tivesse havido mais croquetes e churrascos;

Então, caros amigos, os resultados poderiam ter sido muito diferentes.

Assim, aguentem-se. É a vida!

domingo, 27 de setembro de 2009

E AGORA MANUELA?

A euforia das eleições europeias toldou por completo as mentes social-democratas, em especial a da sua líder, que delineou a mesma estratégia de campanha para as legislativas, vindo a demonstrar-se, pelos resultados já conhecidos, ter sido um enorme fiasco.

Em política não basta ter convicções, é necessário também ser coerente e demonstrar sinceridade naquilo que se defende.

Em política paga-se caro quando se fazem más escolhas e se tomam decisões erradas.

Agora resta apenas a Manuela Ferreira Leite apresentar a sua demissão ao Concelho Nacional e a este, convocar eleições e novo Congresso.


sexta-feira, 25 de setembro de 2009

VOTE

A poucos dias da realização de eleições legislativas, a opinião pública continua a ser injectada por alguns candidatos, pela maioria da comunicação social, pelos comentadores de serviço e pelas empresas de sondagens, afirmando até à exaustão que o que se está a decidir é se queremos para primeiro-ministro o senhor Sócrates ou a dona Manuela.

Chegam até ao ponto de conjecturar que sem uma maioria absoluta o país será ingovernável e tentam criar os mais variados cenários de coligações à esquerda ou à direita.

Tudo isto para quê? Para que a “santa” bipolarização produza os seus efeitos, dando mais uma vez todo o poder ao bloco central que entre si negociará a distribuição de lugares na administração central, nos órgãos de soberania e nas empresas públicas, aprovando as Leis e a revisão Constitucional que melhor sirva os seus interesses pessoais e partidários.

Quem possui o distanciamento necessário para poder decidir em consciência sem se deixar manipular e tem como conceito que o exercício da democracia será tanto melhor quanto mais amplo for o pluralismo de opiniões, deve recusar estas manobras de baixa política e votar em qualquer outro partido fora do bloco central, seja ele qual for, do mais antigo ao mais moderno, da esquerda ou da direita.

O importante é que vote.

domingo, 20 de setembro de 2009

D.SEBASTIÃO

Pronto! Já temos dois candidatos às eleições presidenciais. Um, o actual PR que como se espera, tenha o apoio do PSD e do CDS, o outro, o regressado Manuel Alegre que começou ontem em Coimbra a sua cruzada para ser apoiado pelo PS, já que não é de prever que Mário Soares tenha recuperado da sua senilidade e volte a essa aventura.

Qual D. Sebastião vindo numa manhã de nevoeiro de um longo exílio e por isso longe do que se passa por cá, Alegre disse “recusar um Estado mínimo para os pobres e um Estado máximo para os poderosos”.

Mas onde é que ele tem andado que nem o vento que passa lhe levava notícias deste país?

Ou então levava e não lhe contava a desgraça que se tem abatido sobre todos os sectores da vida nacional, com excepção daqueles que eram ricos e que com o actual governo ficaram ainda mais ricos e poderosos.

Salve-se o poeta porque o político já perdeu toda a credibilidade.

E, há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz NÃO.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

CICERO

Há mais de 2000 anos que Marcus Tullius Cícero escreveu o que se reproduz acima e ele lá teria as suas razões para caracterizar daquela maneira a política do governo de Roma.

Se fosse hoje e vivesse em Portugal num qualquer Concelho perto de si, poderia escrever:

“O orçamento da Câmara deve ser equilibrado. As dívidas devem ser pagas e reduzido o despesismo. A arrogância do Presidente, dos Vereadores e de alguns Directores de Departamento deve ser moderada. Os ajustes directos a empresas amigas e o pagamento de horas extraordinárias a avençados deve ser reduzido se não querem que a Câmara vá à falência. Os funcionários municipais devem fazer o seu trabalho, devendo-se acabar com os parasitas que só vivem à conta do orçamento graças ao partido a que pertencem”.

sábado, 5 de setembro de 2009

A VINGANÇA

video

Já lá dizia Jorge Coelho: “quem se mete com o PS, leva!” e o tempo tem revelado como esta ameaça era para ser levada a sério.
Goste-se ou não da linha editorial e da ex-apresentadora do Jornal de Sexta da TVI, todos os indícios apontam para a vingança que por interpostas pessoas o senhor Sócrates serviu de uma maneira fria, como é o seu timbre.
É que quando se atiram foguetes para o ar as canas podem cair-nos em cima e os resultados tornarem-se imprevisíveis.
Em desespero e porque o cerco se aperta cada vez mais, a legião socratina tudo tem feito para desviar as atenções e abafar os vários escândalos em que o seu líder está metido.
Vem agora a fase da vitimização, numa tentativa de convencer até às eleições os indecisos da sua candura e honestidade. Depois logo se verá.

domingo, 23 de agosto de 2009

FÉRIAS?

Passou mais uma semana e o panorama político do Seixal não teve alterações significativas, a não ser um pequeno episódio relacionado com as festas populares de Corroios e a montagem de novos “outdors”, que hoje em dia é o meio privilegiado pelos partidos políticos para darem a conhecer aos eleitores os seus cabeça de lista aos vários órgãos autárquicos.
Aliás, as campanhas – se é que se pode chamar campanhas ao que se faz – utilizam processos muito diferentes dos que eram utilizados no passado, limitando-se os partidos, quase todos, a pagarem aquilo que antes era feito por militância e de forma completamente gratuita.
Por ignorância ou comodismo, estes novos líderes locais não promovem acções que levem a mobilizar os militantes e simpatizantes das suas causas, desperdiçando assim um importante potencial de dinâmica para qualquer eleição.
Actualmente, tal como afirmou o candidato do PSD, compra-se espaço em parte da comunicação social local (parece que as rádios ficaram de fora) e só se apresenta o programa eleitoral depois das férias, como se a grande maioria da população do Seixal tivesse possibilidades de passar férias fora do Concelho.
Com teses destas este candidato revela o seu desconhecimento sobre a realidade sociológica em que vivemos, a não ser que só esteja a pensar colher votos junto de uma minoria que se pode dar ao luxo de ir mais além que a “excelente” Ponta dos Corvos ou a Fonte da Telha.

E é pena. O Seixal merece muito mais.

sábado, 15 de agosto de 2009

O SEIXAL MERECE MUITO MAIS

Começou oficialmente a época futebolística e já temos alguma coisa de interesse para ver na nossa televisão ou ler na imprensa escrita, com acesas discussões sobre os inevitáveis erros da arbitragem ou a falta de sentido táctico deste ou daquele treinador que utilizou o 4x4x2 em vez do 4x3x3.

Por falar em tácticas, não se vislumbra qualquer uma por parte dos partidos que irão concorrer às próximas eleições autárquicas no Seixal e não se entende que estejam tão mudos e calados quando há tão pouco tempo para poderem passar a sua mensagem.

E se a táctica é nula, a estratégia não parece a melhor, percebendo-se assim porque mais de 60% dos eleitores não votam e se desinteressam pela política local, pois não existem candidatos ou programas que os façam despertar para a letargia em que se encontram.

A actual maioria, que já governa o Concelho há mais de 35 anos, pode assim continuar tranquila com os cerca de 25.000 votos que lhe garantem a sua continuidade, não necessitando de executar muito mais rotundas para derrotar uma oposição que só aparece nas proximidades de eleições.

Na blogosfera local assiste-se à troca de “piropos” entre os defensores de uma ou de outra posição política, mas discussões sérias e elucidativas sobre os programas de cada um, nada.

E é pena. O Seixal merece muito mais.

domingo, 26 de julho de 2009

O COERENTE

Ao longo dos últimos anos habituámo-nos às trapalhadas do senhor Sócrates e dos seus ministros, em que aquilo que dizem hoje pode ser exactamente o contrário do que se passa no dia seguinte.
As desculpas são de toda a ordem e as responsabilidades são sempre dos outros ou da crise internacional.
Para memória futura, como agora se diz, aqui fica um pequeno apontamento da coerência daquele que infelizmente ainda nos (des)governa.

video

domingo, 19 de julho de 2009

A BATALHA DO CROQUETE

Na passada sexta-feira dia 17 tiveram lugar duas iniciativas partidárias de relevante importância para o Concelho, sendo tema de grande discussão pela blogosfera local o número exacto de participantes em cada uma delas.

Do lado da CDU apontam-se mais de 1000 participantes que se juntaram na Quinta Valenciana para a apresentação dos candidatos à Câmara Municipal do Seixal, havendo até quem afirme que faltaram cadeiras.

Por seu lado, o PS optou pela Quinta da Fidalga, onde se conta terem estado cerca de 90 pessoas que acabaram por jantar à luz de velas e archotes, porque se houvesse projectores teriam sido mais de 200.

Nesta contabilidade ainda não entrou o PSD nem o BE, mas espera-se que brevemente também o façam para que os munícipes fiquem esclarecidos quanto ao número exacto que cada força política consegue arregimentar para os seus repastos.

Resta saber o número de croquetes e outros salgadinhos que foram consumidos para que nos possamos tranquilizar em relação à qualidade e propostas dos nossos futuros autarcas.

Assim vai a campanha eleitoral no Seixal.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

O MELHOR AMIGO

video

Este excelente vídeo vem chamar a atenção para a lealdade dos animais perante os seus donos, sendo de plena oportunidade na medida em que é nesta época de verão onde se verificam mais abandonos.

Há até quem recomende, como experiência, que se feche alguém dentro de um porta-bagagens de um carro e fazer o mesmo com um cão. Quando o abrir certamente que a pessoa se insurgirá consigo, mas o cão saltar-lhe-á para o colo contente de alegria.

Porque no Seixal existe um Grupo de Voluntários que tem desenvolvido um trabalho de louvar e digno de registo, aqui fica o endereço da sua página para que a possam consultar e quem sabe, encontrar aí um verdadeiro amigo.

http://amigos-animais-seixal.blogspot.com/


POR FAVOR, NÃO ABANDONE OS SEUS ANIMAIS!

domingo, 5 de julho de 2009

BEM DOTADOS

Numa apresentação pública e registada pela televisão sobre o trabalho desenvolvido, o autarca da Coruña Carlos Gonzaléz-Garcés Santiso referiu que os bombeiros locais estavam agora 'bien dotados' - e não conseguiu suster mais o riso.
A língua espanhola também é traiçoeira, mas ao menos por lá os autarcas têm sentido do humor.
O riso deste Presidente da Câmara é extremamente contagiante. Faz bem rir assim.

video

terça-feira, 30 de junho de 2009

PARABÉNS LÚCIA

Diz o ditado que “a justiça tarda, mas não falta” e assim aconteceu hoje no Tribunal do Seixal, que mandou repor a verdade na AHBVA.

Está de parabéns não só a Presidente da Direcção, mas todos aqueles que não baixando os braços sempre acreditaram numa causa justa, batendo-se pela transparência e pela legalidade.

Embora a hora seja de regozijo e euforia, é bom que toda esta trapalhada tenha servido de lição para todos, em especial para aqueles que na sua boa fé foram enganados e para todos os outros que se têm alheado da Associação e que no futuro devem estar mais atentos e participativos.

Será bom que se possam erradicar as sequelas e construir uma verdadeira unidade, pois só assim se poderá desenvolver em harmonia a Associação que é de todos e para todos.

domingo, 28 de junho de 2009

ESCLARECIMENTO

Não é hábito do “GATO GIL” responder aos comentários que aqui são livremente colocados, mas ao verificar que este blogue tem incomodado algumas pessoas, há que esclarecer duas ou três questões para tranquilizar os espíritos daqueles que por falta de argumentos, apenas tentam desvalorizar o que aqui tem sido escrito.

Assim, informa-se que o autor do “GATO GIL” nem sequer é associado dos BVA e não tem qualquer laço de parentesco ou sequer de amizade com os integrantes das listas que concorreram aos órgãos sociais (embora conheça alguns), não é militante de nenhum partido político nem faz parte de grupos de pressão, limitando-se a estar atento ao que o rodeia.

O blogue não foi criado para focar somente o que se passa nos BVA, mas atendendo à importância do assunto e à falta de outros locais onde o mesmo possa ser discutido, o autor tem alimentado o tema de forma a que ele se mantenha vivo, continuando a fazê-lo até que seja reposta a legalidade.

Deste modo, agradece-se que quem tiver documentos e fotos actuais ou antigas que considere de interesse para publicação, poderá enviar para:

Esperamos sinceramente que na próxima terça-feira seja feita justiça e que de uma vez por todas haja paz e tranquilidade nos BVA.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

MATIAS WEBER

Numa tentativa de dar a conhecer aos “incultos” que vão às Assembleias dos BVA quem foi Max Weber, o “GATO GIL” resolveu colocar aqui uma pequena peça dedicada especialmente ao grande sociólogo da margem sul, Professor Doutor Manuel Matias Weber, que, para quem não saiba, descende em linha obscura – como sempre – de tão ilustre figura alemã.

Até, se repararem bem, o Matias tem um certo ar germânico, principalmente pela cor do cabelo, pese embora o facto de ser de pequena estatura, ao contrário daquilo que estamos habituados a ver nos homens oriundos das terras da Baviera.

É possível que em tempos ele tenha sido mais alto e espadaúdo, mas foi mirrando na mesma proporção das trapalhadas em que se tem metido, para desta maneira se poder esconder melhor quando tiver vergonha do que anda a fazer e das situações ridículas que protagoniza.



video

sexta-feira, 19 de junho de 2009

O CERNE DA QUESTÃO

Na sua missiva de auto-promoção vem o presidente da direcção da AHBVA tecer elogios a quem o antecedeu no cargo, reconhecendo que “uma Associação Humanitária, que embora esteja a dar os primeiros passos, muito já tem conseguido e afirmado no teatro das suas competências”.

Diz ainda “contamos hoje com um bom Corpo de Bombeiros, gente responsável que tudo faz, para servir, não só os Associados desta casa, como toda a população...”

Assim sendo e acreditando que estas palavras não são cínicas ou de circunstância mas sim de uma constatação da realidade, só se poderá entender que o “assalto” efectuado tem outros fins para além de o servir altruisticamente a Associação.

Desde logo se percebeu que a vertente político-partidária estava na génese da elaboração de uma lista concorrente às eleições, já que não se procuraram os associados mais dedicados e competentes, mas sim aqueles que pela simpatia ou filiação socialista pudessem garantir uma total manipulação da Associação.

E este é o cerne da questão.

Para os associados é indiferente se quem preside e faz parte dos órgãos sociais é A ou B, mas sim quem demonstra ou já demonstrou competência e disponibilidade para ocupar os cargos sem qualquer outro interesse a não ser dignificar e trabalhar em prol da Associação.

É difícil esperar que o Ricardo Ribeiro num acto de contrição e do superior interesse da Associação se demita na Assembleia-Geral a realizar amanhã, mas como existem outros que já se aperceberam da manipulação de que foram alvo, nunca é tarde para corrigirem o erro em que embarcaram.

Haja coragem para ultrapassar divergências e construir uma alternativa credível e de unidade na Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Amora.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

SAFADOS

Muitas vezes nos admirados e insurgimos com a linguagem utilizada nos blogues, quando há bem pouco tempo num directo da TVI, protagonizado pelo bastonário da Ordem dos Advogados e por Manuela Moura Guedes, se ultrapassaram todos os limites razoáveis daquilo que deve ser uma entrevista ou uma troca de opiniões entre antagonistas.

Mas há ainda quem seja muito mais acutilante e não deixe de chamar as coisas pelos próprios nomes, convidando-os a ouvir a denúncia que um jornalista brasileiro faz dos seus deputados federais.

video

Safados é o termo que ele utiliza, porque se estivesse no Concelho do Seixal e sentisse a mesma indignação que muitos sentem em relação ao que se tem passado na AHBVA, certamente que as palavras seriam outras.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

DESPORTIVAMENTE

Desde há anos que o Seixal é referenciado como sendo um Concelho onde a prática desportiva mais se tem desenvolvido, embora isso não corresponda à verdade, advindo-lhe a fama das primeiras seixalíadas e quando noutros municípios nada existia.

Os mais antigos devem lembrar-se que esse movimento de características populares era dinamizado de uma forma completamente amadora e por pura carolice de algumas pessoas interessadas no fenómeno, conseguindo-se com escassos recursos financeiros realizar uma autêntica festa do desporto em todo o Concelho.

Mudam-se os tempos e hoje deparamo-nos com situações pouco compreensíveis, na medida em que no corrente ano a Câmara Municipal do Seixal, ou seja, todos nós, já gastámos (que se saiba) a quantia de 151.108,67 € em ajustes directos com a formação nas áreas das actividades aquáticas e do atletismo, planos, coordenações, etc.

As empresas unipessoais que prestam ou prestaram estes serviços são:

-
António Castro, Unipessoal Lda (41.001,12 €)
-
Conchaberta, Unipessoal Lda (46.564,32 €)
-
GL Fitness, Unipessoal Lda (15.055,95 €)
- Natifenomeno, Unipessoal Lda (9.774,00 €)
-
Pódio de Cores, Unipessoal Lda (14.880,00 €)
-
Viajantes Radicais, Unipessoal Lda (23.833,28 €)

Isto leva-nos a crer que já não existem técnicos na Câmara, ou se existem, não trabalham para que se tenha de recorrer ao exterior a fim de assegurar aquilo que lhes deveria competir.

Alguém que explique, porque eu não sou capaz.

sábado, 23 de maio de 2009

ASSEMBLEIA

No conjunto das 5 mensagens aqui colocadas em que o tema central girou à volta da AHBVA, foram feitos mais de 600 comentários, na sua esmagadora maioria sugerindo e até pedindo uma Assembleia-geral.
Certamente que alguns deles se repetiram, mas em contraponto com os poucos defensores da actual direcção, poder-se-á concluir que é imperiosa a realização de uma Assembleia-Geral que clarifique de uma vez por todas a legitimidade ou não dos órgãos sociais.
Não desejamos continuar com este tema, até porque julgamos que quase tudo já foi dito, mas também não nos vamos calar por haver quem por falta de argumentos, apenas sabe debitar palavrões ou tentar ofender os que pensam de maneira diferente e que exigem a reposição da legalidade.
Não conhecemos todos os elementos que agora dirigem a AHBVA e queremos acreditar que alguns são pessoas honestas e que foram enganadas, mas sabemos bem do que são capazes outros que no passado deixaram rastos muito pouco abonatórios naquilo em que se meteram.

É URGENTE A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA-GERAL E DAQUI SE LANÇA MAIS UM DESAFIO PARA QUE O SEU PRESIDENTE A CONVOQUE O MAIS RAPIDAMENTE POSSÍVEL.



sábado, 16 de maio de 2009

RICARDINHO OU RICARDÃO?

A teia está montada e o aspirante a entrar na Grande Loja Maçónica tudo tem feito para merecer a confiança dos seus pares, não olhando a meios para atingir os fins.
O pequeno Ricardão, sacudindo a caspa do seu nojento smoking, tem vindo a usar as melhores práticas mafiosas depois de ter concluído a sua licenciatura em corrupção e arte da trafulhice na escola superior do Partido Socialista.
De esquema em esquema lá vai cantando e rindo, enganando até os seus próprios camaradas, muitos deles pessoas sérias, que ingenuamente se têm deixado levar pelo pretenso “padrinho”.
Mas como a verdade é como o azeite, vem sempre ao de cima, está para breve o fim do seu reinado e nem a “família” lhe vai valer.

terça-feira, 12 de maio de 2009

AO RUBRO

A polémica em torno da Associação dos Bombeiros Voluntários de Amora está ao rubro e nesta hora difícil para a Corporação é necessário que os sócios mantenham a calma e que não se deixem envolver nas provocações dos agitadores encartados.

Existem meios legais para se resolverem as situações menos claras e não será certamente com tomadas de posição radicais que se ultrapassam as questões, antes as podem agravar.

Por isso daqui faço o apelo para que se mantenha a serenidade, com firmeza no diálogo, mas sem qualquer tipo de violência verbal e muito menos física.


quinta-feira, 7 de maio de 2009

UMA FÁBULA

Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e a sua esposa a abrir um pacote. Logo pensou qual o tipo de comida que dali iria sair e como poderia chegar ao repasto.
Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.
Correu para o pátio da fazenda advertindo todos os outros animais:
- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira !
A galinha disse:
- Desculpe-me senhor rato, eu entendo que isso seja um grande problema para si, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.
O rato foi até ao porco e disse:
- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira !
O porco, com o seu ar bonacheirão, disse-lhe:
- Desculpe-me senhor rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser orar. Fique tranquilo que o senhor será lembrado nas minhas orações.
O rato dirigiu-se então à vaca e ela respondeu-lhe:
- O quê ? Uma ratoeira ? Por acaso estou em perigo? Acho que não !
O rato voltou para casa, abatido, para encarar o seu triste destino. Naquela noite ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando a sua primeira vítima.
A mulher do fazendeiro correu para ver o que se passava e no escuro, como ela não viu que a ratoeira tinha pegado a cauda de uma cobra venenosa, esta acabou por a picar causando-lhe fortes dores em todo o corpo e um febrão difícil de controlar.
Como toda a gente sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja de galinha, o fazendeiro pegou no seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.
Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la, pelo que o fazendeiro teve de matar o porco para os poder compensar pela amabilidade.
Mas a mulher não melhorou e acabou por morrer.
Muita gente veio para o funeral e então o fazendeiro sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo.

Moral da História:
Na próxima vez que ouvires dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembra-te que quando há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre perigo.

NO SEIXAL EXISTEM VÁRIAS RATOEIRAS E MUITAS COBRAS VENENOSAS... NÃO SE DEIXEM ILUDIR !

segunda-feira, 20 de abril de 2009

AMORA A CONCELHO?

Desde tempos imemoriais que a rivalidade entre Amora e Seixal se tem manifestado das mais variadas formas, passando pelos arraiais de pancadaria nos bailaricos populares que se realizavam de um lado ou de outro, até ao futebol, já para não falar da aspiração de Amora a Concelho protagonizada por uns quantos notáveis, na sua maioria afectos ao partido socialista, que aproveitando esse sentimento genuino e popular, criaram a APA.

Estes notáveis, que apenas queriam (ou querem) dividir o Concelho para poderem ascender a alguns cargos políticos que lhes proporcione algum protagonismo e dividendos económicos, foram os primeiros a abraçar a ideia da fundação de uma Associação de Bombeiros, pois isso seria – pensavam eles – o primeiro passo para os desígnios que lhes ía (ou vai) na mente.

Toda esta confusão gerada com as eleições na AHBVA não é ingénua e não tem nada a ver com o interesse em dinamizar a Associação, mas sim e só o ataque ao poder a qualquer preço.

Como sempre, não olham a meios para atingirem os fins, servindo-se de uma instituição que embora jovem já é prestigiada pelo trabalho desenvolvido ao longo dos seus 5 anos de actividade.

Por isso, apela-se à inteligência do Corpo de Bombeiros e aos Associados para que não se deixem manipular e saibam reagir de forma democrática na defesa da instituição.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

RANGEL

Não se entende bem esta indigitação de Paulo Rangel para cabeça de lista do PSD às eleições para o Parlamento Europeu.
Se a direcção do partido considera que ele tem sido um bom líder parlamentar, não o deveria ter proposto, para que ele pudesse continuar a desempenhar essas funções na Assembleia da República. Se por outro lado considera que o seu trabalho não tem sido meritório, então nunca poderia conceder-lhe o “prémio” de ser o 1.º da lista.
Há qualquer coisa que não joga bem e a explicação dada por Manuela Ferreira Leite dizendo que era uma aposta na juventude, deixa muitas dúvidas no ar.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

MAIS UM CASO DE SUCESSO

Na galeria dos casos de sucesso não poderia faltar o Dr. Ricardo Ribeiro, mais conhecido por Ricardinho pelo seu ar franzino e traquina.
Ainda de calções, já ele dominava as técnicas do malabarismo, vindo a conseguir a sua primeira eleição para a Câmara Municipal do Seixal ainda muito novo e com o sangue na guelra.
Por lá andou alguns anos e soube aproveitar bem os equipamentos que tinha à sua disposição, desde os telemóveis, passando pelos computadores até à viatura que lhe estava atribuída, a qual servia para as passeatas com as amigas arranjadas nas festas de “swing” e que em fotos arrojadas publicava na internet.
Sem se saber onde, arranjou uma licenciatura (desconhece-se em quê) e passou a ser tratado por doutor, quando os seus caminhos provavelmente se cruzaram com os do Sr. Sócrates e os do Sr. Vara na Universidade Independente.
Como os amigos são para as ocasiões, a camarada Maria da Luz Rosinha, Presidente da Câmara Municipal de Vila franca de Xira arranjou-lhe o tachinho de Assessor para a área da Protecção Civil, o que lhe permitiu também criar a “Asprocivil” Associação Portuguesa de Técnicos de Segurança e Protecção Civil.
E quem é que o Ricardinho escolheu para Presidente da Assembleia Geral da “Asprocivil”? O Matias, claro está.
Para além de outros, que devem perceber tanto de Segurança e Protecção Civil como o Matias, o Ricardinho, perdão, o Dr. Ricardo Ribeiro, fez-se acompanhar na Direcção também pelo amigo Costa Velho.
Vejam em:
http://asprocivil.org/PT/default.asp
Com tamanho currículo era o candidato ideal para presidir aos Bombeiros de Amora, esperando-se que no próximo dia 18 seja aclamado e entronizado na Assembleia Geral especialmente convocada para o efeito e a que os associados não devem faltar.

Nota: Caso haja muita confusão na Assembleia Geral, por favor, não batam muito nele porque não tem cara para levar dois estalos bem dados.


sábado, 11 de abril de 2009

OPOSIÇÃO?

São estes os rostos da oposição que existe na Câmara Municipal do Seixal e que durante os últimos anos se limitou a cumprir calendário, com apenas uma excepção, a do vereador Samuel Cruz que desenvolveu algum trabalho. Dos outros nada se conhece a não ser o de participarem cordatamente nas sessões de Câmara e aparecerem nalgumas comemorações evocativas.
Que credibilidade pode ter o PS ou o PSD se os seus eleitos pouco ou nada fazem durante os seus mandatos e a população nem sequer os conhece?
Se é certo que a CDU tem maioria absoluta e faz o que muito bem quer, também é verdade que a oposição o tem permitido, limitando-se apenas em ano de eleições a dar algum ar da sua graça.


sexta-feira, 10 de abril de 2009

UM OUTRO CASO DE SUCESSO

Desde muito cedo que Leonardo Carvalho (Leo para os amigos) começou a demonstrar ter grandes apetências para gerir dinheiros públicos e privados, assegurando o seu lugar de Director Financeiro na Câmara Municipal do Seixal desde os remotos tempos da pré-história, dizendo as más línguas que não sendo sequer comunista, é ele quem verdadeiramente manda naquilo tudo.
Orçamento após orçamento, tem vindo a corrigir os erros grosseiros que apresenta, esperando-se, caso continue no cargo, que lá para o ano de 2027 consiga apresentar um, sem que haja qualquer reparo a fazer.
Amado pelos fornecedores, alguns até se tornaram seus grandes amigos, foi granjeando tantas simpatias que o levaram a presidir ao Clube local, onde fez uma obra deslumbrante, deixando a colectividade com um enorme desafogo económico e nos lugares cimeiros de todas as modalidades em que participa.
Com muito esforço e dedicação, conseguiu à custa de muitas privacidades ter hoje um património que muitos invejam, por não terem as mesmas capacidades de poupança.

Será que o sucesso se vai manter após as próximas eleições?

quarta-feira, 8 de abril de 2009

SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE

O telefone toca e a dona da casa atende:
- Estou!
- Senhora Silva, por favor.
- É a própria..
- Aqui é o Dr. Arruda do Laboratório. Ontem, quando o médico enviou a biopsia do seu marido para o laboratório, uma biopsia de um outro Sr. Silva chegou também e agora não sabemos qual é a do seu marido... e infelizmente, os resultados são ambos maus...
- O que o senhor quer dizer?
- Um dos exames deu positivo para Alzheimer e o outro deu positivo para HIV e nós não sabemos qual é o do seu marido.
- Que horror! Vocês não podem repetir os exames?
- Não, a Segurança Social somente paga esses exames caros uma única vez por paciente.
- Bem, o que o senhor me aconselha a fazer?
- A Segurança Social aconselha que a senhora leve o seu marido para algum lugar bem longe da sua casa e o deixe por lá. Se ele conseguir encontrar o caminho de volta, não faça mais sexo com ele.

Se algumas piadas que correm pela net nos fazem sorrir, já as notícias reais nos deixam muito apreensivos e angustiados.

De acordo com os dados insuspeitos do Ministério da Saúde, em Março de 2008 existiam 474.000 utentes inscritos no SNS para uma primeira consulta. Em Março de 2009 o número subiu para os 655.000.

Em apenas um ano mais 191.000 portugueses se juntaram à longa lista de quem, por necessidade, espera meses e até anos para ser consultado.

E que se saiba, as grandes medidas tomadas para contrariar esta tendência pela senhora ministra Ana Jorge com a concordância do Sr. Sócrates, foi diminuir o número de médicos e aumentar em 72% (leram bem, 72%) o valor da taxa moderadora de uma consulta nos Centros de Saúde, que passou de 2,15 euros em 2008 para 3,70 euros a partir de 1 de Fevereiro do corrente ano.

Assim qualquer um sabe governar; não é preciso ser “engenheiro” da UNI.

terça-feira, 7 de abril de 2009

VOTAR, É PRECISO

As alterações introduzidas ao Recenseamento Eleitoral pela Lei n.º 47/2008, de 27 de Agosto, promoveram diversas medidas de simplificação, com destaque para a inscrição automática de eleitores no recenseamento.
Assim:
Os cidadãos portadores de Cartão de Cidadão ficam automaticamente inscritos na freguesia correspondente à morada que tenham indicado no pedido do referido cartão.
Os cidadãos detentores de Bilhete de Identidade válido que nunca se tinham inscrito no recenseamento eleitoral foram automaticamente inscritos na freguesia da residência indicada no Bilhete de Identidade.
Os jovens de 17 anos foram igualmente inscritos, podendo votar se, à data do acto eleitoral, já perfizeram 18 anos.
Verifique o seu número de eleitor/a, bem como a freguesia onde vota.
Pode utilizar um dos seguintes meios:
consulte via Internet:
http://www.recenseamento.mai.gov.pt/
envie um SMS para 3838
informe-se na respectiva Junta de Freguesia.


VAMOS COMBATER A ABSTENÇÃO


segunda-feira, 6 de abril de 2009

AMIZADES

O deputado do PSD António Alfredo Delgado da Silva Preto, que também é membro da Assembleia Municipal de Lisboa, era ou é um dos principais colaboradores de Manuela Ferreira Leite, enquanto esta liderava a distrital do partido em Lisboa.
Em 2002 decidiu candidatar-se ele à liderança, tendo para o efeito recolhido algumas ajudas financeiras para a sua campanha interna.
Diz-se que uma dessas ajudas (quase 40.000 euros em notas do Banco de Portugal) veio de uma empresa gerida por Sobral de Sousa.
Como este Sobral de Sousa é o mesmo que foi condenado por falcatruas e já foi sócio de Sócrates, não se percebe bem que interesses se movem, para além de uma grande amizade que deve existir entre todos eles.

Assim vai a promiscuidade entre os nossos políticos.

domingo, 5 de abril de 2009

CASO DE SUCESSO

Quando Alfredo Monteiro era um novel comunista (será que alguma vez o foi?) usava barba, rejeitava gravatas e fumava SG gigante. Bebia moderadamente whisky’s novos e conduzia um Ford Fiesta ao serviço da Câmara.
Hoje, como Presidente, é o que se sabe e vê. Continua a ser militante do Partido, mas subsiste a dúvida se na realidade professa a ideologia comunista ou se apenas a usa em determinados momentos que lhe dão mais jeito.
Poder-se-á dizer que o seu estilo de vida melhorou substancialmente e que nada tem a ver com aqueles tempos em que era professor de trabalhos manuais, necessitando de ascender ao Conselho Directivo para poder progredir na carreira docente.
Porque a actividade política trouxe para Alfredo Monteiro enormes benefícios pessoais e materiais, pode assim considerar-se um verdadeiro caso de sucesso.
Resta saber é se o sucesso vai manter-se nas próximas eleições.

QUEM TEM OLHO É REI?

Sócrates assinou uns projectos que não eram dele e que eram aprovados de um dia para o outro, mas desconhece essa celeridade processual…

Sócrates foi sócio de Fátima Felgueiras, Armando Vara e Sobral de Sousa, mas já nem se lembrava disso…

Sócrates teve como professor António José Morais, mas nem o conhecia antes de se mudar para a Independente…

Sócrates preencheu a ficha da Assembleia da República, mas mais tarde alterou-a sem nunca dar explicações para isso…

Sócrates tem um primo que foi intermediário no caso Freeport, mas muito raramente fala com ele…

Sócrates foi colega de Lopes da Mota no Governo de Guterres, mas nem se conheciam e não eram íntimos…

Sócrates comprou um apartamento por um valor inferior ao seu real valor, mas não ludibriou o Fisco…

Sócrates tem um primo que é sócio da sua mãe numa empresa que está a ser investigada por corrupção na Câmara da Amadora, mas nem sequer sabia disso…

Sócrates mora no mesmo prédio da mãe, mas só deve ter sabido disso pelos jornais…

Sócrates deu um Parecer favorável à pressa ao projecto do Freeport, mas foi tudo dentro da legalidade…

Sócrates está a ser alvo de uma “campanha” difamatória, mas não explica nada das trapalhadas em que está envolvido…

DAS DUAS, UMA: OU A CAMPANHA FOI MUITO BEM MONTADA E SÓCRATES NADA TEM A VER COM ISTO, OU QUEM TEM OLHO É REI E DEVE SER PUNIDO PELAS TRAPALHADAS EM QUE ESTÁ METIDO..

terça-feira, 31 de março de 2009

ELEIÇÕES B.V.AMORA

Só faltou este também ter vindo votar na eleição para os corpos gerentes dos Bombeiros Voluntários de Amora, já que aquilo se transformou numa disputa entre PS e PCP.

domingo, 29 de março de 2009

VAIDADE

Numa das suas vastas campanhas pelo interior do país em que o primeiro ministro promete a criação de milhares de postos de trabalho, este teve necessidade de parar numa aldeia para beber um pouco de água.
Dirigindo-se a uma pequena e humilde casa, pediu à sua dona um pouco do precioso líquido, ao que esta, logo solicita, chamou pelo filho de 9 anos, dizendo-lhe:
- José Sócrates! Vem cá e trás a bilha de água fresca para este senhor.
Sócrates, vaidoso, logo pergunta:
- Eu vi que a senhora chamou o garoto de José Sócrates. Ele tem esse nome em homenagem a alguém em especial?
E ela, sem nunca imaginar com quem estava a falar, responde:
- Não. Na verdade o nome dele é Pedrinho. Chamo-o de José Sócrates porque ultimamente ele deu para mentir que é uma desgraça!

domingo, 15 de março de 2009

ALEGRE(M-SE)

É o Sócrates que precisa do Manel ou o Manel que precisa do Sócrates ? Vá lá saber-se o peso de cada um neste jogo de interesses... E ainda há quem chame a isto “democracia” !

sábado, 14 de março de 2009

TODOS PAGAMOS

Todos nós sabemos que a comunicação social não é isenta (salvo raríssimas excepções) e que depende sempre ou do poder político ou do poder económico e muitas vezes dos dois ao mesmo tempo.

Sabemos também que a vida está difícil e que há quem se venda por um baixo preço para poder sobreviver. Mas daí a ser tão evidente e subserviente, vai uma grande distância.

Se alguém tem dúvidas, veja por exemplo:

Este jornal não é do Seixal. Quanto muito, este jornal será da Câmara Municipal do Seixal ou do Partido Comunista Português.

O pior é que somos nós a pagá-lo. Já não bastava o Boletim Municipal?

quinta-feira, 12 de março de 2009

VIOLÊNCIA

Com tanta violência que grassa por aí,
já nem eu me sinto em segurança.

terça-feira, 10 de março de 2009

SETE

Um familiar meu acabou de enviar esta foto da Alemanha, dizendo que está com tanta vergonha que até teve de esconder a cara para que eu não visse as suas lágrimas.

segunda-feira, 9 de março de 2009

ALIENAÇÕES

Quando Manuela Ferreira Leite estava no Governo como ministra das finanças e decidiu alienar propriedades do Estado para poder cumprir o limite do déficit, o Partido Socialista veio logo criticar (e bem) esta decisão, afirmando que isso era batota para mascarar os verdadeiros números do orçamento.
Mudam-se os tempos e hoje é o PS que com a mesma medida já arrecadou cerca de 680 milhões de euros, mas de uma forma pior, porque depois se presta a arrendar alguns imóveis que vendeu.
Não sendo bem a mesma coisa mas com algumas parecenças, a Câmara Municipal do Seixal não aproveita o património que possui para instalar os Paços do Concelho, mas assina um contrato de arrendamento de um edifício que está em construção, para depois vender alguns imóveis de que é proprietária.
São estes negócios de difícil compreensão que fazem descredibilizar a ciência política e os políticos honestos.

domingo, 8 de março de 2009

OPTIMISTAS E PESSIMISTAS

José Sócrates, preparando-se para a campanha eleitoral, resolveu encomendar um estudo sobre a satisfação da população em relação ao seu governo.
Solícito, como sempre, o ministro da presidência Pedro Silva Pereira, apressou-se a dar-lhe conhecimento dos resultados, dizendo-lhe:
- Zé: o estudo indica que a população está dividida em duas partes proporcionalmente iguais; os optimistas e os pessimistas.
- Óptimo, Pedro! Vamos então às boas notícias! O que dizem os optimistas?
- Os optimistas dizem que, se a situação continuar como está, em breve a maioria do povo vai andar a vasculhar nos caixotes do lixo à procura de comida…
- Espera aí Pedro! Deve haver algum engano. Eu quis dizer os optimistas e não os pessimistas…
- Não há engano nenhum Zé! É que os pessimistas acham que os caixotes não vão chegar para todos…

sábado, 7 de março de 2009

LIÇÃO DE VIDA

video

Espectacular exemplo de vida. Num país (o nosso) que tão carenciado está de referências e bons exemplos, seria importante mostrar à nossa juventude - e não só - como se podem ultrapassar as dificuldades, por muito grandes que elas sejam.

sexta-feira, 6 de março de 2009

MODERADORAS?

Democraticamente, a maioria absoluta do Partido Socialista (com cinco honrosas excepções) rejeitou todas as propostas da oposição para pôr fim total ou parcialmente, às famigeradas taxas moderadoras na saúde.

A vergonha vai continuar e esta maioria absoluta continua a borrifar-se na Constituição da República que preceitua uma saúde tendencialmente gratuita.

Imagine-se mais 4 anos deste “socialismo moderno”…

quinta-feira, 5 de março de 2009

PROFESSORES EM LUTA


A luta dos professores continua e no próximo sábado, dia 7, estão convocados para a participação num cordão humano de protesto quanto à política da ministra Maria de Lurdes.

Com ou sem "magalhães", não falte!

quarta-feira, 4 de março de 2009

SEMELHANÇAS

Todos os dias, uma formiga chegava cedinho ao escritório e pegava duro no trabalho.
A formiga era produtiva e feliz.
O gerente marimbondo estranhou a formiga trabalhar sem supervisão.
Se ela era produtiva sem supervisão, seria ainda mais se fosse supervisionada.
E colocou uma barata, que preparava belíssimos relatórios e tinha muita experiência, como supervisora.
A primeira preocupação da barata foi a de padronizar o horário de entrada e saída da formiga.
Logo, a barata precisou de uma secretária para ajudar a preparar os relatórios e contratou também uma aranha para organizar os arquivos e controlar as ligações telefónicas.
O marimbondo ficou encantado com os relatórios da barata e pediu também gráficos com indicadores e análise das tendências que eram mostradas em reuniões.
A barata, então, contratou uma mosca, e comprou um computador com impressora colorida. Logo, a formiga produtiva e feliz, começou a lamentar-se de toda aquela movimentação de papéis e reuniões!
O marimbondo concluiu que era o momento de criar a função de gestor para a área onde a formiga produtiva e feliz, trabalhava.
O cargo foi dado a uma cigarra, que mandou colocar carpete no seu escritório e comprar uma cadeira especial.
A nova gestora cigarra logo precisou de um computador e de uma assistente (sua assistente na empresa anterior) para a ajudar a preparar um plano estratégico de melhorias e um controle do orçamento para a área onde trabalhava a formiga, que já não cantarolava mais e cada dia tornava-se mais chateada.
A cigarra, então, convenceu o gerente marimbondo, que era preciso fazer um estudo de clima.
Mas, o marimbondo, ao rever as cifras, deu-se conta de que a unidade na qual a formiga trabalhava já não rendia como antes e contratou a coruja, uma prestigiada consultora, muito famosa, para que fizesse um diagnóstico da situação.
A coruja permaneceu três meses nos escritórios e emitiu um volumoso relatório, com vários volumes que concluía:
Há muita gente nesta empresa!!
E adivinha quem o marimbondo mandou demitir?
A formiga, claro, porque ela andava muito desmotivada e aborrecida.

Já viu esse filme antes?

Qualquer semelhança com uma autarquia perto de si é pura coincidência.

terça-feira, 3 de março de 2009

LEGITIMIDADES

Os procuradores que investigam o caso “Freeport” denunciaram a existência de “situações estranhas”, suspeitando que estavam a ser vigiados pelo SIS.

Marques Júnior, deputado socialista e presidente do Conselho de Fiscalização do Serviço de Informações, roi as unhas porque não encontrou nenhuma actividade ilegítima por parte dos serviços.

Quer isto dizer que a actividade de vigiar os procuradores é legítima?

Parece que sim e tudo serve para pressionar pessoas e entidades, com a finalidade de passar uma esponja sobre o envolvimento do ex-ministro do ambiente José Sócrates.

segunda-feira, 2 de março de 2009

SELO

José Sócrates Pinto de Sousa, antevendo a derrota eleitoral que se aproxima, se antes disso as “forças ocultas” não provarem o seu envolvimento nos escândalos da “campanha negra”, decidiu mandar fazer um selo com a sua foto para deixar para a posteridade, enquanto destruiu o pouco que restava deste país.

Os selos são criados, impressos e vendidos. O nosso PM fica radiante, pois a emissão foi um êxito!

Mas em poucos dias ele fica furioso ao ouvir reclamações de que o selo não adere aos envelopes.

Sócrates convoca os responsáveis da Casa da Moeda e da Polícia Judiciária, o Procurador-Geral da República, o Ministro da Administração Interna e o SIS, ordenando que investiguem o assunto. Eles pesquisam nas delegações dos Correios de todo o país, reúnem-se e elaboram a informação.

O relatório é muito claro e diz:

"Não há nada de errado com a qualidade dos selos. O problema é que o povo está a cuspir no lado errado."

domingo, 1 de março de 2009

CRISTO

Depois de resolvido o providencial apagão no Pavilhão de Espinho, Sócrates discursava para algumas centenas de seguidores socialistas quando, de repente, aparece Jesus Cristo baixando lentamente do céu. Quando chega ao lado de Sócrates, diz-lhe algo ao ouvido.

Então Sócrates, dirigindo-se à multidão, diz:

- Atenção camaradas! Não veio ao nosso Congresso o irmão e amigo Hugo Chavez, mas Jesus Cristo está aqui, e quer dirigir-vos algumas palavras!

Jesus dirige-se ao púlpito e diz:

- Povo português, este homem aqui ao lado, o Primeiro Ministro Sócrates, não vos tem dado o 'pão do conhecimento' da mesma forma que eu fiz?

Os socialistas respondem:

- Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim!

- Não é verdade que, assim como eu multipliquei os pães e os peixes para dar de comer a todos, este homem inventou os aumentos de 5 e de dez cêntimos nas pensões, para que todos pudessem alimentar-se?

- Siiiiiiiiiiiiiiiiiiim!, responderam os militantes.

- Não é verdade que este homem, José Sócrates, reformulou o Serviço Nacional de Saúde, assim como eu curei os enfermos e tratei os pobres e desfavorecidos?

O povo grita:
- Siiiiiiiiiiiiiiiiiim!

- Não foi, também ele, traído por companheiros de partido, assim como eu fui traído por Judas?

Os socialistas gritaram ainda com mais força:
- Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim!

- Então, do que é que estão à espera para crucificar o tipo???!!!

sábado, 28 de fevereiro de 2009

CONGRESSO DO PS

"Se não houvesse medo, um qualquer destes destacados militantes socialistas que periodicamente nos avisa do grave perigo que atravessa a sociedade portuguesa teria tido a coragem suficiente para abandonar a sua zona de conforto e enfrentar José Sócrates".

João Marcelino, "Diário de Notícias", 21-02-2009

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

SALVA-VIDAS GAY

video

Com todo o respeito pelos verdadeiros gay's...

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

OBRIGADO SÓCRATES

Mais uma vez o senhor presidente do conselho de ministros deixou sem resposta muitas das perguntas que lhe foram formuladas no debate de hoje na Assembleia da República. Quase falou mais do desemprego em 2003 do que em 2009...

Pudera! Que explicação poderia ter ele para que no passado mês de Janeiro se tivessem inscrito mais 70.000 trabalhadores no Instituto de Emprego?

E que poderia dizer dos 38% de desempregados, mais de 162.000 (registados – fora os outros) que não têm qualquer apoio do Estado?

E que justificação terá para o quadro abaixo em que de acordo com a União Europeia, é considerado pobre aquele que ganha 60% do salário médio do seu país? Como em Portugal a média de ordenados é de 645€ (129.311$), o nosso limiar de pobreza é o mais baixo da EU.

CENSURA

Como se já não bastasse a pressão e a censura encapotada à comunicação social que o governo vem exercendo, agora também os tribunais dão o ar da sua graça em acções perfeitamente ridículas mas que não deixam de ser preocupantes.
Cuidado! Eles andam por aí.